// Estrutura Funcional

Segundo a Graça de Deus que me foi dada, pus eu, como sábio construtor, o fundamento, e outro edifica sobre ele. Mas veja cada um como edifica sobre ele. Pois ninguém pode por outro fundamento, além do que já está posto, o qual é Jesus Cristo. E, se alguém sobre este fundamento levantar um edifício de ouro, prata, pedras preciosas, madeira, feno, palha, a obra de cada um se manifestará, porque o Dia a demonstrará. Pelo fogo será revelada, e o fogo provará qual seja a obra de cada um. Se a obra que alguém edificou sobre permanecer, esse receberá galardão. I Coríntios 3.

Congregação

É a comunidade local daqueles que professam a mesma fé, organizada como família eclesiástica segundo uma mesma vocação, e aliançada às outras congregações do Ministério Sal da Terra, conforme a sua carta de princípios e valores. É identificada por Sal da Terra Igreja Cristão ou outra nomeação.
As congregações compõem, em unidade, o Ministério Sal da terra.

Corpo de Liderança

É formado pelos líderes em formação, diáconos, presbíteros e pastores que são iguais em responsabilidade e privilégio diante da congregação, sendo modelo de graça, virtude e fé, além de disposição, conduta e caráter, devem ser irrepreensíveis diante do povo.
O corpo de liderança das congregações compõe, em unidade, o corpo de liderança do Ministério Sal da Terra.

Conselho da Congregação

É responsável pela coordenação da congregação. Atua no ensino da Palavra de Deus, no estímulo à comunhão, na prática da assistência e socorro mútuos, no exercício da intercessão, na preparação, envio e sustento dos missionários e plantadores de igrejas.
Os conselhos das congregações compõem, em unidade, o Presbitério do Ministério Sal da Terra

Presbitério

Atua na manifestação visível da unidade do Espírito. Produz ensino na perspectiva de sua multiplicação e disseminação. Atua, também, como Assembleia Geral. Por limitações geográficas é divido em três regiões nacionais: Sudeste, Centroeste e Nordeste.

Conselho do Ministério Sal da Terra

É responsável pela coordenação do Ministério como um todo. Atua na preservação da identidade, na consolidação da unidade, ativação da visão, na escolha das estratégias, na intercomunicação das experiências e necessidades e na mobilização e gerenciamento dos recursos, na renovação dos compromissos, na garantia da ética, fidelidade e honra, entre os líderes, as congregações aliançadas e outros ministérios.