// Principio e valores


Uma igreja bem fundamentada combina estabilidade com flexibilidade. Ela tem mobilidade, mas é também consistente, pois os vínculos que unem as partes são inquebráveis.

IGREJA – Expressão da Multiforme Sabedoria de Deus

A Igreja é a comunidade dos que vivem da fé de que Jesus é o Cristo – O Filho do Deus Vivo. É o complemento e extensão de Cristo na Terra e se expressa em diferentes formas.

SANTIFICAÇÃO – Pela Palavra de Deus e Pela Oração

A Palavra de Deus é o que fundamenta a identidade e natureza da Igreja, e a Oração é a expressão ativa de sua função intercessora. Estes são os elementos usados pelo Espírito Santo para transmitir o caráter de Cristo ao homem, salvando-o da sua velha natureza e transformando-o a fim de que possa experimentar a vontade de Deus.

UNIDADE – Base de Vida

É a natureza do Corpo de Cristo, que tem muitos membros, mas uma só Mente: a mente de Cristo, o Cabeça; e um só Espírito: o Espírito Santo. Unidade é o desafio no qual devemos nos empenhar. Sem Unidade não há expressão plena do que seja a vida da Igreja.

RELACIONAMENTO – Base Funcional

A essência da Igreja é o relacionamento, e o Amor a sua maturidade. A devoção isolada, individualista, que não reconheça as pessoas a sua volta é engano. Qualquer tentativa de serviço a Deus, que não signifique serviço às pessoas, é falsa.

FRUTIFICAÇÃO – Para a Glória de Deus

Deus nos abençoou com uma identidade frutífera – qualidade, e por isso ordena que nos multipliquemos – quantidade. Só há plena frutificação onde há uma genuína convicção da identidade. A Terra se encherá da glória de Deus pela manifestação e multiplicação dos Seus filhos e filhas.

Uma igreja é forte pela consistência e qualidade de seus vínculos e compromissos, e não pela capacidade de exercer controle, governo e dominação.

TESTEMUNHO – Em Boas Obras

Boa obra é todo trabalho gerado pela certeza de que todas as nossas necessidades já foram supridas em Cristo Jesus: o dom de Deus, e por isso temos o privilégio de repartir esse dom.

EQUIDADE – Manifestação da Justiça de Deus na Terra

É o princípio pelo qual o Verbo se fez Carne, materializando em atitudes e substância, o amor que confessamos a Deus e ao próximo.

GOVERNO – Exercido na forma de conselho

O governo da igreja deve ser exercido em conselho, buscando-se a maior diversidade de características possível entre os conselheiros. O conselho deve ser caracterizado pela regularidade de sua agenda relacional e administrativa, sempre num ambiente de profunda fundamentação bíblica e oração, esforçando-se pela preservação de um espírito cordial e honrado.
Qualquer ministério, departamento, visão, projeto ou atividade pode ser desenvolvido e administrado por um conselho.